Acessibilidade Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Coordenadores do PROFESP se reúnem com diretor do Departamento do Desporto Militar da Defesa
Início do conteúdo da página

Coordenadores do PROFESP se reúnem com diretor do Departamento do Desporto Militar da Defesa

Publicado: Terça, 15 de Maio de 2018, 10h45


Brasília, 11/05/2018 – Entre as principais ações e metas para os programas sociais do Ministério da Defesa (MD), o PROFESP (Segundo Tempo-Forças no Esporte) tem como foco a ampliação do número de crianças e adolescentes beneficiados. Coordenadores nacionais das três Forças (Exército, Marinha e Força Aérea) estiveram reunidos com o diretor do Departamento do Desporto Militar da Pasta, general Jorge Antonio Smicelato, na quinta-feira (10), para discutir questões de infraestrutura do programa.

Na abertura da reunião, o secretário de Pessoal, Saúde, Ensino e Desporto do MD, brigadeiro Ricardo Machado Vieira, falou sobre a importância de todos estarem envolvidos com a meta de ampliação. “Precisamos não só motivar os comandantes, mas procurar proporcionar os recursos necessários”, ressaltou.

Cada coordenador pode expor como está o funcionamento do programa pela sua Força. Marinha, Exército e Aeronáutica atendem cerca de 23 mil e 500 crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, em situação de vulnerabilidade social.

Em comum, as organizações tem o desafio da manutenção das atividades, para que mais jovens tenham a oportunidade de, no contraturno escolar, desenvolver atividades esportivas de diversas modalidades, acompanhadas de uma alimentação saudável e orientação pedagógica adequada.

Para o coordenador nacional da Marinha do Brasil, comandante Pedro Silva, as perspectivas em 2018 são as adesões ao projeto Navegar e a expansão do PROFESP em apoio as Operações de Garantia da Lei e da Ordem no estado do Rio de Janeiro. O PROFESP-NAVEGAR, recentemente lançado, ensina a atividade náutica, compondo tripulações de embarcações como veleiros classe “Optimist”, escaleres, canoas e caiaques.O general Smicelato, durante a reunião, solicitou aos coordenadores nacionais que levantassem, junto as organizações militares, o que é necessário para melhorar suas infraestruturas e receber mais crianças e adolescentes. A partir daí, o ministério da Defesa continuará a buscar condições de parcerias e recursos para a gestão do programa, já consolidado na Defesa.

Por major Sylvia Martins

Fotos: Alexandre Manfrim/MD

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério de Defesa
61 3312-4071

Fim do conteúdo da página