Acessibilidade Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > DEFESA - MD aprova Política Cibernética de Defesa
Início do conteúdo da página

DEFESA - MD aprova Política Cibernética de Defesa

Publicado: Sexta, 28 de Dezembro de 2012, 08h38

Brasília (DF), 28/12/2012 – Em portaria publicada ontem (27), no Diário Oficial da União, o Ministério da Defesa (MD) aprovou sua Política Cibernética de Defesa.

O objetivo é orientar as atividades de defesa cibernética, no nível estratégico, e de guerra cibernética, nos níveis operacional e tático, no âmbito das Forças Armadas.

As diretrizes serão aplicadas nos grandes eventos que serão sediados no país: a Copa das Confederações de 2013, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Com a nova política, o MD busca assegurar o uso efetivo do espaço cibernético (preparo e emprego) pelas Forças Armadas e impedir ou dificultar sua utilização contra os interesses do país.

De acordo com o documento, deverão ser criados e normatizados processos de segurança cibernética para padronizar os procedimentos de defesa da rede. Deverão também ser estabelecidos programas e projetos para assegurar a capacidade de atuar em rede com segurança.

A portaria também prevê a criação do Sistema Militar de Defesa Cibernética (SMDC), que contará com a participação de civis e militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

É atribuição do SMDC coordenar e integrar as ações de defesa cibernética, no âmbito do MD, nas áreas de inteligência, ciência e tecnologia, operacional, doutrina e recursos humanos.

A implementação e gestão do novo sistema é responsabilidade do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA).

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4070

Fim do conteúdo da página