Acessibilidade Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Forças Armadas e EMCFA > Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas
Início do conteúdo da página

Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA)

Missão

Assessorar o ministro de Estado da Defesa na direção superior das Forças Armadas, objetivando a organização, o preparo e o emprego, com vistas ao cumprimento de sua destinação constitucional e de suas atribuições subsidiárias, tendo como metas o planejamento estratégico e o emprego conjunto das Forças Singulares.

Visão

Ser reconhecido pela sociedade brasileira e pela comunidade internacional como o órgão do Ministério da Defesa que coordena as operações militares e a atuação dos meios empregados pelas Forças Singulares nas ações de defesa civil, atuando em consonância com os Comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

O Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) foi instituído em 2010, com a missão de promover e coordenar a interoperabilidade entre as Forças Singulares e assessorar o ministro da Defesa.

Cabe ao EMCFA planejar o emprego conjunto e integrado de efetivos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, otimizando o uso dos meios militares e logísticos na defesa do país e em operações de paz, humanitárias e de resgate; segurança das fronteiras; e ações de Defesa Civil.

O órgão tem suas competências e atribuições estabelecidas na Estrutura Regimental aprovada pelo Decreto nº 7.9744, de 1o de abril de 2013 

Desde sua criação, o EMCFA tem funcionado junto à Administração Central do Ministério da Defesa, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

A chefia do EMCFA é privativa de um oficial-general do último posto, de ativa ou da reserva, indicado pelo Ministério da Defesa e nomeado pela Presidência da República. Seu grau hierárquico é o mesmo dos comandantes militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Sob coordenação do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas funciona também o Comitê dos Chefes dos Estados-Maiores das Forças Singulares.  

O atual chefe do EMCFA é o Almirante-de-Esquadra Ademir Sobrinho.

 

OPERAÇÕES COORDENADAS PELO EMCFA

O órgão já esteve à frente de importantes missões. Veja no infográfico abaixo:
Proteção das fronteiras

Proteção das fronteiras

Em 2011, o EMCFA coordenou a primeira edição da Operação Ágata, de combate a ilícitos nas fronteiras. A ação visa coibir delitos como narcotráfico, contrabando, tráfico de armas e munições e garimpo ilegal.

Rio+20

Rio+20

Coube ao EMCFA coordenar o plano de segurança da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. A atuação contribuiu para que o evento transcorresse sem incidentes graves.

Copa das Confederações FIFA

Copa das Confederações FIFA

Em junho de 2013, o EMCFA coordenou a ação de 20,9 mil militares na segurança da infraestrutura das seis cidades-sede da Copa das Confederações, num ensaio para os preparativos de segurança da Copa 2014.

Jornada Mundial da Juventude

Jornada Mundial da Juventude

Na visita do Papa Francisco ao Brasil, efetivos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica empenharam-se na segurança do Pontífice e dos peregrinos. A atuação conjunta foi coordenada pelo EMCFA.

registrado em:
Assunto(s): EMCFA , Forças Armadas
Fim do conteúdo da página